Mulher faz pilates em casa

É possível que você já tenha ouvido falar em pilates, não é? Ao passar muito tempo em uma posição só, pode acarretar problemas, principalmente quando a postura não está como deveria.

Assim como os dentistas, que passam muito tempo sentados, se não estiverem de forma correta, pode ser prejudicial.

Entenda o quão eficiente é esse tipo de exercício. 

Principais problemas que os profissionais da odontologia estão sujeitos

Os profissionais de odontologia, estão sujeitos a diversos riscos, trazendo diversos danos à saúde.

A ergonomia é um deles, sua definição é tudo aquilo que envolve o conforto do trabalhador, relacionado ao seu trabalho para que possa ser executado da forma correta.

Tendinite, síndrome cervical e hérnias, são algumas das doenças ocupacionais que podem afetar o dentista que não adotam a postura adequada de trabalho. Veja alguma delas:

  • Síndrome túnel do carpo;
  • Hérnia de disco;
  • Dedo em gatilho;
  • Tendinite no ombro.

A síndrome do carpo é uma inflamação nos tendões sendo o resultado de movimentos muito repetitivos, utilizando as mãos.

  1. Hérnia de disco 

A hérnia de disco é uma dor no pescoço e nas costas. Ela é causada pelo desgaste do disco intervertebral, você conseguirá evitar ela entende a postura, por isso é importante que durante as consultas sente com a sua coluna ereta. 

  1. Dedo em gatilho

O dedo em gatilho é uma dificuldade da movimentação dos dedos, pela presença de um obstáculo na palma da mão. Também ocorre por uns movimentos manuais repetitivos. 

  1. Tendinite no ombro

É um processo inflamatório que acontece nos tendões do ombro.

Pode ser desenvolvido por pessoas que trabalham fazendo força com o braço acima do nível do ombro, levando ao processo da inflamação. 

Por isso, é fundamental estar atento aos aspectos ergonômicos do ambiente de trabalho. 

Para cuidar da sua postura, é importante que o dentista se sente com as coxas paralelas ao chão, formando um ângulo de 90°, mantendo os pés apoiados ao chão, com as costas retas de acordo com o ajuste da cadeira.

Mantenha uma distância adequada da boca do paciente, trabalhe com os cotovelos junto ao corpo ou apoiado em um local que esteja ao nível deles.

A disposição dos equipamentos deve estar coerente à sua posição. 

Você sabia que os problemas bucais também podem influenciar nas lesões musculares? 

A boca é um lugar que contém mais bactérias e que permite também a entrada delas.

Os principais problemas encontrados na cavidade bucal, são as cáries e as doenças periodontais como por exemplo a gengivite. Essas doenças devem ser tratadas através de um plano dental para empresa.

  1. Cáries

As cárie são formadas pelo acúmulo de bactérias no dente causado pela falta de higienização ou o consumo excessivo de açúcar. 

  1. Doenças periodontais 

Essas doenças são causadas na gengiva e sua principal colaboradora é a placa bacteriana.

Esses problemas bucais estão associados à entrada de bactérias no organismo, gerando lesões musculares e a recuperação lenta.

Por isso é importante manter a higienização sempre em dia e se possível fazer um plano odontológico empresarial para sempre ter um acompanhamento especializado. 

Como o pilates pode ajudar no problema da coluna?

O pilates é um exercício físico e existem dois tipos, o piloto solo e o de aparelhos.

  1. Pilates de aparelho 

O pilates de aparelho tem a ajuda de aparelhagens que são compostas por molas que intensificam o exercício, facilitando-o, caso alguém seja sedentário e esteja começando agora.

  1. Pilates solo 

É realizado no chão, tem alguns acessórios que são utilizados juntos, mas a força utilizada durante o exercício é basicamente feita pelo aluno.

Por isso, ele é considerado um pouco mais avançado para algumas pessoas que são mais sedentárias ou idosos que têm alguma restrição. 

  1. Pilates para a coluna 

O pilates serve para o fortalecimento do centro do corpo, como, a reabilitação, recuperação física e por esse fortalecimento dos músculos mais internos do tronco, que sustentam a coluna, faz com que a coluna fique estável e suporte ao impacto do dia a dia.

É importante tanto como prevenção, quanto para evitar ter lesões no futuro ou até mesmo para fazer o tratamento de alguns machucados de coluna por ser um método que não tem impacto e consegue atingir esses músculos mais internos.

 O que o pilates trabalha?

Ele trabalha a construção de fortalecimento do abdômen trabalhando a respiração controlada.

O pilates constrói movimentos, fazendo com que ele saia de forma fluída usando a musculatura correta e o bom alinhamento corporal.

É um método bem dinâmico e contempla desde o atleta do alto rendimento que quer melhorar sua performance, pessoas no seu estágio de reabilitação e até mesmo para gestantes.

  1. Pilates para gestante

Como o pilates é exercício de baixo impacto, é possível adaptar alguns exercícios de acordo com o tempo de gestação, e poderá ser feito durante toda a gestação.

Mas, para começar é importante consultar um médico e ter a sua liberação. O profissional irá preparar exercícios que ajudem o corpo para as alterações que ocorrem durante o período da gravidez.

  1. Respiração 

Todos os movimentos realizados no pilates são sincronizados com as respirações, sempre fazendo com que o aluno consiga aumentar a sua capacidade respiratória, soltando todo o ar. Ele auxilia na questão da ansiedade, fazendo com que o aluno consiga relaxar.

Essa prática auxilia na saúde bucal, os profissionais que são MEI (microempreendedor individual) que passam muito tempo em uma posição só, poderão fazer um plano odontológico para cnpj.

Empregos repetitivos desencadeiam estresse e, em questão da saúde bucal, pode desenvolver o bruxismo, que é o ranger dos dentes sem ao menos perceber.

O que a respiração influencia na saúde bucal? 

Uma má respiração pode influenciar até mesmo no alinhamento dos dentes.

Com uma respiração inadequada, por exemplo, respiração pela boca, a língua acaba ficando de maneira inadequada para que o ar possa passar, influenciando nas posições dentárias.

Nessa hora, é importante ter um convenio odontológico empresarial, para que possa ser instruído ao tratamento.

Em grande parte das vezes, esses exercícios conseguem estar trabalhando todos esses grupos musculares ao mesmo tempo. 

Principais benefícios do pilates 

Pode trazer vários benefícios, principalmente para o profissional que fica muito tempo em uma posição só, assim como dentistas.

Ele aumenta a densidade óssea, fazendo com que tenha tensão no osso  para o fortalecer.

A melhor a postura, na maior parte do dia os ombros ficam encurvados, mas com esse exercício, deixará as costas mais retas.

O profissional acaba ficando mais disposto, porquanto sua respiração e a sua circulação sanguínea são trabalhadas. E alivia todos os tipos de dores principalmente a dor nas costas.

Importância da boa saúde do dentista

É importante, que o profissional esteja com a sua saúde em dia para que ele consiga realizar o seu serviço de forma coerente e não prejudicial ao paciente.

Qualquer tipo de dor ou incômodo pode afetar no desempenho do especialista, porquanto, o dentista precisa mostrar total confiança e solucionador dos seus problemas.

Quando o serviço é realizado de forma precisa, acaba gerando benefícios até mesmo para o próprio profissional, por meio da indicação.

Pessoas irão compartilhar sobre o seu trabalho e o quão preciso ele é, causando interesse em demais pacientes, fazendo com que possam ter interesse em como nos serviços da clínica, por exemplo, como funciona o plano odontológico da empresa.

Por isso, é importante que o especialista em odontologia se cuide em primeiro lugar, para depois cuidar das pessoas.Conteúdo desenvolvido pela equipe do Conviva Melhor, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.

Categories:

Tags:

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

(62) 3261-6638

CNPJ: 15.063.424/0001-72
Endereço: 11ª av n 1409 qd 41 a Setor leste universitário Goiânia
Grupo marketing de negócios