Homem passa creme para proteger a pele

Existem inúmeras doenças que podem prejudicar o funcionamento da pele. Confira as principais a seguir e saiba o que fazer para preveni-las!

A pele é o maior órgão do organismo humano, responsável por proteger os órgãos internos de choques mecânicos, intoxicação química e ação de micro-organismos, como fungos e bactérias.

A maioria das pessoas sabe que é importante aplicar protetor solar diretamente sobre a pele, a fim de protegê-la da incidência de raios ultra violeta (UV). Contudo, existem muitos outros problemas e doenças que podem prejudicar a pele — não só do rosto, mas de todo o corpo.

Algumas das doenças de pele mais comuns no cotidiano dos dermatologistas são:  dermatite (de contato e atópica), eczema, escabiose, melasma, psoríase e câncer. Se você ainda não tem uma rotina de cuidados com a pele, veja alguns hábitos simples e eficazes para manter a saúde desse órgão!

Higienização e hidratação

Um hábito básico no que se refere aos cuidados com a pele é mantê-la higienizada e hidratada. É recomendado lavar a pele pelo menos uma vez ao dia. Para a pele do rosto, é recomendado higienizá-la duas vezes ao dia: logo após acordar, e ao chegar em casa, no início da noite, pois é preciso remover as impurezas que se acumularam sobre ela ao longo do dia.

Priorize sabonetes antissépticos para remover micro-organismos, como bactérias, sobretudo em regiões como axilas, pés e região íntima — que podem apresentar maior umidade, o que favorece a reprodução de tais organismos. 

Ao final do banho, é importante passar um creme hidratante fluido, principalmente nas regiões em que a pele pode estar mais seca, como joelhos, mãos, calcanhares e cotovelos.

Já que a umidade é um fator relevante para facilitar a reprodução de micro-organismos (sobretudo, os fungos), é importante manter a pele seca para evitar micose. Por isso, invista em sandálias e chinelos para que os pés não fiquem molhados de suor dentro do calçado e evite compartilhar toalhas de banho.

Protetor solar diariamente

É bastante difundida a recomendação de aplicar protetor solar diariamente — e não apenas durante o verão. Nas estações mais frias, como o outono e o inverno, também é possível ter uma incidência de raios ultravioleta que danificam a pele.

Por isso, aplique protetor solar 30 minutos antes de sair de casa e renove essa aplicação a cada 3 horas — especialmente se você está em contextos de alta exposição, como idas à praia, piscina ou parque. 

O protetor solar ajuda a reduzir as chances de câncer, de manchas e a morte de células da pele. É importante aplicar o protetor solar em toda a pele que permanece exposta ao sol. 

Mesmo para quem gosta de tomar sol ao ir à praia, por exemplo, é importante aplicar protetor solar. A dica é usar produtos com FPS menores, como o 15. Aliado ao protetor solar, é importante evitar se expor ao sol entre as 10h e 16h, período em que há maior incidência de raios ultravioleta.

Líquidos e betacaroteno

A saúde da pele também depende de uma grande ingestão de líquidos, a fim de evitar a desidratação do organismo como um todo, inclusive desse órgão. É recomendado beber, em média, entre 1,5 e 2 litros por dia. Além de água, vale investir em sucos de fruta, o que também fornece nutrientes importantes para manter a saúde do organismo.

Além disso, alguns alimentos são especialmente recomendados: aqueles ricos em betacaroteno — como cenoura, maçã, beterraba, maçã e abóbora. Além de deixar a pele mais bonita e hidratada, eles ajudam a prevenir o surgimento de doenças de pele.

Categories:

Tags:

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

(62) 3261-6638

CNPJ: 15.063.424/0001-72
Endereço: 11ª av n 1409 qd 41 a Setor leste universitário Goiânia
Grupo marketing de negócios