Jejum

Jejum é o nome dado a um período em que uma pessoa fica sem se alimentar, situação de abstinência total ou parcial de todos os alimentos nesse tempo.

Além de ser uma prática realizada por diversos religiosos, também é recomendado pelos médicos para a realização de alguns exames como os de sangue.

Essa recomendação é feita quando é necessário observar algum problema que pode estar sendo causado pela alimentação ou por algum alimento em específico.

A seguir entenderemos mais sobre a importância do jejum e de realizá-lo no tempo certo e quais exames sanguíneos necessitam de jejum.

Por que jejuar é importante?

Todos os dias as pessoas ingerem uma grande quantidade de carboidrato, proteína e gordura que vão direto para suas correntes sanguíneas antes de chegar nos seus destinos.

Na maioria das vezes esse destino é nas células, para formar todas as suas funções nutritivas.

Como esse processo leva algumas horas para acontecer, os compostos ficam passando pelo sangue que é o material usado para fazer a maioria dos exames nos laboratórios.

Com o avanço da ciência, foi possível descobrir o tempo que o corpo gasta para fazer a digestão de cada alimento e descobrir o tempo de jejum necessário para a realização de cada exame sanguíneo.

Os níveis de glicose, por exemplo, podem variar de acordo com a alimentação e com o tempo em que o paciente ingeriu algum alimento.

Uma vez que esses alimentos apresentam uma certa quantidade de glicose que vai para o sangue depois da refeição, o sangue deixará os níveis elevados.

Seus níveis sanguíneos só serão reduzidos após entrarem nas células, processos que levam algumas horas para acontecer.

O jejum é importante para a realização de exame médico ocupacional, por exemplo, que ajudará a entender o que está acontecendo com o organismo do paciente.

O jejum diminui as chances de ocorrer alterações orgânicas nos resultados dos exames e assim o médico conseguirá saber, por exemplo, sobre o nível de glicose do paciente.

Se está muito alto ou muito baixo, assim como o colesterol, contagem de plaquetas, concentração de nutrientes, entre outras coisas que podem ser avaliadas através de uma coleta de sangue simples. 

Todos esses exames e outros podem auxiliar o médico a fazer a melhor orientação tanto sobre medidas terapêuticas quanto sobre medidas preventivas para processos como drenagem linfática barriga

Importância do jejum no tempo estabelecido pelo médico

Quando alguém vai ao médico ou laboratório para realizar exames, está exercendo o autocuidado, por isso espera ter a melhor orientação para continuar saudável.

Alguns exames laboratoriais como os de sangue exigem períodos definidos de jejum para coleta, esse jejum varia de 8 a 12 horas.

Porque após as refeições, o sangue pode passar por mudanças que interferem na metodologia de algumas das análises laboratoriais de uma clínica cardiológica, por exemplo. 

Mas, existem algumas exceções no caso de idosos e pacientes pediátricos, que às vezes não podem passar por grandes períodos de jejum.

Nesses casos, o jejum não se torna obrigatório e é pedido uma pausa no período de 3 a 4 horas na alimentação, para poder realizar as coletas.

É importante realizar o jejum que o médico estabelece por diversos motivos e ele te explicará passo a passo como lidar com esse processo.

Para isso a pessoa deve seguir à risca as orientações médicas passadas antes da coleta de algum exame, para que os resultados sejam os mais precisos possíveis.

Para não ter chances de dar falsos negativos ou positivos e o paciente poder tomar as medidas cabíveis para um possível tratamento se necessário.

Vale ressaltar também que o jejum nunca deve ultrapassar 14 horas, após esse período o corpo também começa a liberar substâncias que irão para o sangue.

Essas substâncias também podem alterar os resultados dos exames, trazendo dificuldades para o médico passar o diagnóstico certo ou dificultando em avais para cirurgias de rinoplastia para nariz achatado. 

Exames de sangue que precisam de jejum

Nos dias atuais existem diversos exames laboratoriais que podem ser realizados através da coleta do sangue do paciente.

Os exames de sangue que necessitam de algum tempo de jejum mais comuns são:

  • Hemograma;
  • Glicose;
  • Colesterol e triglicérides;
  • Ácido úrico, uréia e creatinina;
  • Sódio e potássio;
  • HIV;
  • PSA.

É importante saber para o que cada um serve e o tempo de jejum necessário para cada um desses exames, mesmo que seja para fazer desde uma cirurgia plástica até uma cirurgia de estômago.

Hemograma 

Os exames de hemograma são os mais realizados na triagem inicial de algumas doenças importantes para se descobrir. Esse exame de hemograma avalia os três principais componentes do sangue.

Sua importância se dá na ajuda, no diagnóstico e no controle de muitas doenças como as hematológicas. O tempo de jejum para a realização de um hemograma completo não é muito alto, apenas três horas já é o suficiente

Entretanto, caso o paciente siga uma dieta leve durante os dias anteriores ao exame não é necessário a prática do jejum para realizar o exame 

Glicose

Esse exame serve para saber se o nível de substâncias no sangue do paciente estão normais. Normalmente é um exame de rotina e sua solicitação se dá por sintomas de hiperglicemia ou hipoglicemia.

Mulheres grávidas costumam precisar fazer o exame de glicose com seu médico obstetra particular para verificar se adquiriram diabetes gestacional.

Já pacientes que têm diabetes fazem para monitorar os níveis de glicose no sangue. É necessária a realização de um jejum entre oito a doze horas para a validação desse tipo de exame.

Colesterol e triglicérides

Esse é um exame que mede as taxas de colesterol na corrente sanguínea e as frações dele, como colesterol “bom” (HDL), colesterol “ruim” (LDL) e triglicérides.

O colesterol é produzido pelo fígado e envolve muitos processos importantes para o organismo. Quando existe uma taxa alta de colesterol no sangue, cria-se um risco maior de o paciente desenvolver doenças cardiovasculares.

Para fazer esse exame o paciente precisa realizar de oito a doze horas de jejum, que é o tempo para o seu organismo metabolizar a gordura ingerida na refeição.

Ácido úrico, uréia e creatinina

O exame de sangue também ajuda a identificar o nível de ácido úrico no sangue. Se detectado um excesso deste componente há chances do paciente ter gota ou problemas com cálculos renais.

Esse exame ajuda também a monitorar o quanto existe de ácido úrico no sangue do paciente durante a radioterapia ou quimioterapia.

Já o exame de ureia é feito para avaliar como os rins do paciente que já possuem doenças renais estão funcionando, complementa o exame de  creatinina.

Esse exame de creatinina visa avaliar a função dos rins. A creatinina é o metabolismo da proteína produzida no pâncreas, fígado e rins.

Para ambos os exames o tempo mínimo de jejum indicado pelos especialistas é de apenas três horas. 

Sódio e potássio

Para medir os níveis de sódio e potássio também são realizados exames de sangue que detectam a existência de Hepatites A,B e C em pacientes infectados.

O mínimo de três a quatro horas de jejum também já é o suficiente para a realização desses exames de sangue.

HIV

É um teste que aponta a presença de um vírus de imunodeficiência humana (HIV) no sangue do paciente. O que pode indicar a presença da síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS).

Nesse tipo de exame sorológico é indicado pelo menos quatro horas de jejum antes de sua realização.

PSA

É um exame que serve para apontar a suspeita de câncer de proposta em pacientes do sexo masculino. É feito por meio de uma técnica de alta sensibilidade pelos laboratórios.

Feita para detectar uma pequena quantidade de molécula que estaria no sangue do paciente, a técnica é chamada de radioimunoensaio.

E outras várias recomendações para a realização desse exame, o jejum de pelo menos quatro horas é obrigatório.

Mas, vale ressaltar que também existem diversos exames de sangue que não precisam necessariamente de um tempo de jejum, por exemplo, um exame toxicológico admissional CLT

Dicas para um jejum eficiente

Para ter resultados eficientes em exames que necessitam de jejum é preciso seguir a risca o jejum recomendado pelo médico. Algumas dicas para isso são:

Entender o período de jejum

É necessário entender corretamente as informações sobre o jejum para o sucesso do resultado do exame e a avaliação correta do médico.

Não beber álcool

O álcool interfere nos resultados de alguns exames de sangue, então o ideal é evitar seu consumo por pelo menos setenta e duas horas antes da realização do exame.

Não fumar

Assim como o álcool, o tabaco causa algumas alterações nos resultados de exames de sangue. Por isso, seu uso deve ser evitado para seguir as recomendações de jejum do médico.

Evitar exercícios físicos

Exercícios físicos intensos levam o músculo a uma grande atividade que interferem no resultado de alguns testes. Mas, é necessário confirmar com o especialista em quais casos é proibido ou não.

Considerações finais

Sendo assim, o jejum para cada exame de sangue como para processos de ultraformer na papada pode ser diferente para cada pessoa dependendo de suas limitações e do que o médico deseja realizar. 

Seguir sempre o que o especialista indica e conversar quando tiver qualquer dúvida é essencial para seguir o tempo de jejum corretamente.

Portanto, assim poder ter o resultado mais preciso sobre o que precisar e poder tomar as medidas certas de precaução ou de tratamento.Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Categories:

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

(62) 3261-6638

CNPJ: 15.063.424/0001-72
Endereço: 11ª av n 1409 qd 41 a Setor leste universitário Goiânia
Grupo marketing de negócios