telemedicina

Nos tempos atuais, coisas que antes nunca se imaginavam estão sendo feitas graças ao poder da tecnologia eletrônica, um exemplo disso é com a telemedicina.

Nesse cenário, pessoas dispondo de cada vez menos tempo buscam atendimentos online para quase tudo.

É muito fácil se acostumar e extremamente difícil de perceber, mas quem tiver boa memória vai poder lembrar que até alguns anos atrás, os seres humanos levavam no mínimo algumas semanas para realizar certas tarefas que hoje realizam em minutos.

Afinal de contas, até mesmo fazer algo comum como o aluguel de coworking para algumas empresas do mercado fica mais fácil.

Uma vez que esse e diversos outros trabalhos podem ser realizados diretamente de casa, e o atendimento ao cliente está nessa lista.

Na área médica, o uso da tecnologia proporciona enormes vantagens. Já faz mais ou menos meio século que essas novas técnicas vigentes no mercado assumem um papel decisivo na salvação de vidas, extinção e tratamento de doenças que levavam à morte.

Agora, com a ascensão dos atendimentos online, as empresas, bem como os profissionais e pacientes estão percebendo a vantagem que é não precisar sair de casa para receber um atendimento médico ou fazer um tratamento.

Especialistas de nutrição, pneumologia e psicologia atendendo direto de casa, através de escritório virtual compartilhado ou agendando consultas individuais e personalizadas tem mostrado ao mercado que essas opções agradam tanto aos doutores quanto aos clientes.

Motivos como custo de deslocamento, preocupações com segurança pública e esforços de prevenção de contaminações com doenças contagiosas tem feito com que o povo em geral não só aceite de bom grado a telemedicina, como prefira ela em detrimento da presencial.

Por esse motivo, o post de hoje tem como missão explicar melhor o que é a telemedicina e como ela funciona.

Além disso, serão ilustradas algumas vantagens do uso dessa modalidade em comparação com o tradicional atendimento presencial, bastando apenas que o médico e seus pacientes possuam um bom provedor de internet.

O que é a telemedicina?

No território nacional, a definição de telemedicina é usada na grande maioria das vezes como se fosse um sinônimo de telessaúde. 

Contudo, essas duas ciências possuem algumas diferenças, e sem entender elas, não se entende a definição de telemedicina.

Telessaúde se caracteriza como um conceito um pouco mais amplo, abrangendo todo tipo de ação realizada no objetivo de promover a saúde fazendo uso das ferramentas tecnológicas.

Seja com plataformas de comunicação e transmissão de informações, seja fazendo uso de tecnologias no geral, a telessaúde engloba tudo.

De maneira que, até mesmo ao publicar dicas informativas sobre saúde e bem estar nas redes sociais se caracteriza como uma prática de telessaúde. Nessa mesma linha, uma consulta online também entra para a lista.

Isso significa dizer que a telemedicina se trata justamente de um braço direito da telessaúde, pois ela forma direcionamentos bem mais específicos, com serviços que complementam a prática da medicina, tais como no exemplo da teleconsulta.

Até porque é possível realizar um check up geral medico até mesmo através de uma plataforma de chamadas online nos dias de hoje.

A prática do atendimento remoto ou teleconsulta é realizada quando o médico atende um paciente fazendo uso de um aplicativo de chamadas de vídeo, fornecendo recomendações, dando diagnósticos ou mesmo prescrições médicas.

A teleconsulta é uma das entregas proporcionadas na prática da telemedicina, e todas essas competências, além de muitas outras mais, fazem parte de uma abordagem de telessaúde.

A aprovação da telemedicina

É válido lembrar que a popularização de todas essas práticas aconteceu bem recentemente, mas que antes não era tão bem vista pelas autoridades competentes.

Assim como uma assistência técnica notebook, nem sempre o exercício médico pode ser totalmente realizado com êxito à distância, é preciso a presença física para resolver certos problemas.

Por esse motivo, a telemedicina era proibida no Brasil desde o ano de 2011, mas foi liberada pelo Conselho Federal de Medicina e pelo governo federal, em decorrência da necessidade do isolamento social no ano de 2020.

O sucesso da técnica

Desde então, essa modalidade de fazer medicina tem mostrado o seu potencial, uma vez que a forma mais eficiente de evitar a proliferação de doenças respiratórias é com o isolamento social. Essa estratégia ajuda a preservar a saúde de todos.

Procedimentos que não exigem atendimento presencial, como os atendimentos clínicos mais simples, podem ser realizados de maneira infinitamente mais segura, cortando no meio os riscos de contaminações e preservando a saúde do povo.

Portanto, quando se fala em povo, se inclui também a classe médica, uma vez que a telemedicina reduz até quase zero os problemas de saúde e segurança no trabalho, se mostrando uma alternativa que enche os olhos de grande parte dos profissionais da área.

Isso mostra, mais uma vez, como a internet pode favorecer o resguardo da integridade física das pessoas em tempos de isolamento social. 

Graças a isso, a reação popular à decisão pela liberação fez a telemedicina virar uma tendência nacional.

Funcionamento da telemedicina

O uso de inteligência artificial é essencial para o bom funcionamento da telemedicina, e constitui o verdadeiro diferencial no atendimento dos pacientes de maneira remota, por parte dos profissionais que optam por atender à distância.

Esse auxílio que as plataformas de agendamento e atendimento online deram aos médicos possibilitou não só uma visão mais completa dos sintomas dos pacientes, mas também uma velocidade enorme na emissão de relatórios e respostas em tempo recorde.

Uma vez que os detalhes do histórico dos pacientes de um psiquiatra podem fazer toda a diferença no momento da escolha entre receitar um medicamento tarja preta ou um remédio homeopático para depressão, o uso de dados online ajuda bastante.

A estratégia vem sendo utilizada tanto por hospitais públicos e privados quanto por clínicas particulares para fornecer dados às autoridades públicas para a obtenção de informações que possibilitem ações assertivas no combate às doenças.

Dessa forma, funcionando de maneira parecida como a que o treinamento designado CIPA funciona prevenindo os acidentes, é possível atuar na prevenção de novos surtos de doenças, identificando  quais são os problemas de saúde mais comuns de cada localidade.

Além disso, a Inteligência Artificial pode ajudar os médicos a encontrar alguns tipos de doenças nos resultados dos exames.

Emissão remota de laudos

Uma das maiores vantagens da telemedicina é a possibilidade da emissão de laudos à distância, sem que haja qualquer necessidade do hospital ou da clínica precisar manter médicos trabalhando em tempo integral.

Dessa forma, vários exames como Espirometria, Eletrocardiograma, Mamografia, Eletroencefalograma e  Raios-X podem ser feitos por uma equipe de enfermeiros e técnicos, e lançados em tempo real no sistema da empresa de telemedicina.

A tecnologia permite o envio dos resultados de forma totalmente online para especialistas atuantes em diversas centrais de medicina do país.

Vantagens da telemedicina

Portanto, agora que já é possível ter uma noção do que se trata a telemedicina e como ela está se disseminando no Brasil, será útil citar alguns de seus benefícios.

Dessa forma, pode-se listar nove razões fortes para a implementação da telemedicina em um consultório que está em formação inicial:

  1. Segurança contra a transmissão de doenças;
  2. Atendimento de doentes que não podem se deslocar;
  3. Aumento do acesso à saúde;
  4. Otimização da velocidade;
  5. Redução da agenda;
  6. Melhora ao relacionar-se com o cliente;
  7. Diminuição de gastos;
  8. Otimização da comunicação;
  9. Resultados positivos para a saúde mental.

Essas vantagens põe o trabalho desses profissionais na dianteira da corrida para salvar vidas e curar os pacientes de doenças graves o quanto antes, em tempo hábil e sem exceder o orçamento.

Mantendo médicos e pacientes seguros contra contaminações, atendendo aqueles que não podem se deslocar por conta de suas enfermidades é possível colocar todos em posição de igualdade na luta pela saúde.

Portanto, a telemedicina proporciona um atendimento mais rápido e barato, melhorando ao mesmo tempo a satisfação dos pacientes com uma comunicação mais clara e dinâmica. Tudo isso proporcionará uma agenda mais flexível e tranquila aos médicos.

Por fim, os atendimentos a distância podem proporcionar grandes resultados na saúde mental. A telemedicina pode atender tanto a fins de avaliação e diagnósticos, quanto para diversos tipos próprios de tratamentos.

Considerações finais

Sendo assim, a ciência avança cada dia mais, com passos cada vez mais largos. Junto com a tecnologia comunicacional, deve haver um crescimento paralelo no bom uso da tecnologia para salvar vidas humanas.

Portanto, foi possível compreender a importância da telemedicina para o progresso dos tratamentos médicos, bem como para uma maior velocidade de atendimento. 

Tudo isso sem pôr a vida de profissionais e pacientes em risco de contrair novas doenças por meio do contato físico. Levando todas essas vantagens em conta, a telemedicina é uma alternativa em momentos de crise.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Categories:

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

(62) 3261-6638

CNPJ: 15.063.424/0001-72
Endereço: 11ª av n 1409 qd 41 a Setor leste universitário Goiânia
Grupo marketing de negócios