O marketing digital vai além de promover produtos e serviços online e offline, visando se relacionar com os potenciais clientes de forma qualificada. Com isso, a estratégia se torna ainda mais eficaz quando a empresa reconhece a importância da segmentação no marketing.

Isso requer pesquisa e um planejamento que trará resultados positivos para toda a empresa.

O post de hoje é sobre segmentação de marketing, como ela funciona, porque é importante e quais são os tipos.

Você irá conhecer pelo menos 5 formas diferentes de organizar seu público de acordo com aspectos culturais, geográficos, comportamentais, entre outros e compreenderá a importância desta separação para obter resultados mais qualificados.

Também falaremos sobre as métricas usadas no processo de segmentação de marketing para otimizar ainda mais a estratégia, confira!

O que é segmentação no marketing?

O conceito geral de marketing está relacionado à segmentação. 

Nesse sentido, quando alguém fala em segmentação, refere-se ao processo de dividir os clientes potenciais de uma empresa em grupos específicos, considerando, por exemplo, as características específicas de quem procura por divisória banheiro.

A separação exige que certas características sejam levadas em consideração para direcionar os contatos.

Em geral, as pessoas que se enquadram em um determinado segmento compartilham características semelhantes. Para se ter uma ideia, no caso do exemplo, geralmente tendem a ser homens mais velhos para avaliação do trato urinário e sistema reprodutor.

Por conta dessa identificação, esta é uma ferramenta muito eficaz para alcançar o público-alvo com muito mais segurança, pois facilita a criação e personalização de campanhas e comunicados corporativos.

Quais são os tipos de segmentação?

Depois de introduzir o assunto, chegou a hora de afunilar e especificar as possibilidades de separação. Agora, vamos falar sobre cinco principais tipos de segmentação, são eles:

  • Segmentação demográfica;
  • Segmentação geográfica;
  • Segmentação firmográfica;
  • Segmentação psicográfica;
  • Segmentação comportamental.

Preste atenção em cada uma para entender completamente como isso pode melhorar processos diversos das marcas, desde consultoria tributária até estratégias de marketing digital para uma loja de brinquedos.

Segmentação demográfica

Pequenas e grandes empresas podem usar essa modalidade de segmentação para avaliar a idade, sexo, ocupação, estado civil e renda do público-alvo, permitindo focar as ações e estabelecer os principais canais e formas de comunicação.

Essa segmentação é muito importante para começar a aprofundar as características e até a buyer persona da empresa.

Inclusive, junto com a segmentação psicográfica, as equipes de marketing fornecem insights para identificar tendências para cada tipo de consumidor. 

Mulheres de determinadas faixas etárias são mais propensas a comprar alguns produtos que mulheres de outras idades não compram, por exemplo.

Segmentação geográfica

Como o nome indica, a segmentação geográfica agrupa as pessoas com base na localização. 

Por exemplo, para criar determinadas campanhas online para divulgar o espaço físico de uma loja ou atender o setor de construção de uma cidade, a região de cobertura ou mesmo bairro em que os potenciais clientes moram podem ser considerados.

Assim, a ação é importante para entender as necessidades do público em geral e como os produtos/serviços de uma fábrica de fritadeira a gás, por exemplo, podem atendê-las dentro do espaço em que atua, caso entregas e serviços sejam mais delimitados.

Além disso, as razões de compra mudam conforme a localização da pessoa. Portanto, você precisa criar uma estratégia de vendas específica para cada local.

Segmentação firmográfica

É parecida com a segmentação demográfica, mas é mais focada nas organizações do que no público consumidor.

A segmentação firmográfica distingue pequenas, médias e grandes empresas considerando aspectos como porte e número de funcionários.

Com ela, é possível entender a idade média, natureza jurídica, tipo (sede ou filial) e capital social.

Semelhante à segmentação geográfica, é possível extrair estatísticas corporativas do Google Analytics e das redes sociais para qualificar ainda mais a estratégia. É mais usada para ações B2B.

Segmentação psicográfica

Essa segmentação analisa as atitudes, estilos de vida e personalidades das pessoas envolvidas nos processos de compra. Com isso, as características se mostram mais subjetivas, mas ainda assim identificáveis.

Muitas pessoas compartilham os hábitos, atitudes e temperamentos comuns que compõem seu modo de vida, definindo as razões para a compra de um produto ou contratação de serviço.

Assim, se você conhece essas características do público-alvo de compra de esquadria de alumínio sob medida, sua campanha de marketing será mais bem elaborada e terá elementos convincentes para atingir as metas de vendas e sanar as necessidades desse público em específico.

As características psicológicas são essenciais para toda boa campanha. Preste atenção a sinais como timidez, seriedade, irritabilidade, inquietação e analise ainda mais o valor individual de cada consumidor.

É importante observar esses pontos, pois alguns podem ser importantes para o processo de compra de uma pessoa.

Segmentação comportamental

A segmentação comportamental de mercado é semelhante à psicográfica, mas concentra-se em respostas específicas dos clientes durante o processo de compra.

Nesse sentido, considere que a atitude em relação à marca, como as de guilhotina industrial, podem ser usadas e os tipos de interação são exemplos de segmentação comportamental.

A coleta desse tipo de dados é semelhante à extração de dados psicográficos. Preste atenção às ações realizadas no site, o histórico de compras e as preferências por materiais.

Saiba como colocar a segmentação de marketing em prática

Agora, vamos dar detalhes sobre as etapas a serem seguidas para desenvolver uma estratégia de segmentação de mercado eficaz.

Siga os tópicos abaixo para aprender a essência dessa estratégia muito valiosa. 

  1. Comece um planejamento 

Ao planejar uma estratégia de segmentação de mercado, é importante começar com uma análise da situação atual da empresa e qual contexto ela melhor se enquadra, seja uma fabricante de equipamentos para laboratórios ou uma especializada em instalação de cabeamento estruturado para automação residencial.

Em outras palavras, como em qualquer outro planejamento, é importante saber quais metas você precisa alcançar e quais questões precisam ser abordadas.

Também é interessante pesquisar minuciosamente os segmentos de clientes existentes (como em negócios que atendem diferentes perfis, por exemplo empresas e público final), organizar leads e coletar dados.

  1. Conheça seu público-alvo

Como dito anteriormente, após a análise da empresa em si, é preciso investigar os diferentes públicos que sua empresa atende. 

Durante esta fase, é importante que os gerentes de marketing e vendas discutam todos os grupos e comportamentos observados.

Afinal, considere que, na realidade, o consumidor ideal de spray drying muitas vezes varia de departamento para departamento, como aquele que atua apenas com itens congelados de sorveteria ou para aqueles que atendem setores de alimentos de padaria, por exemplo.

Além disso, as características de uma empresa que busca fornecedores para seus produtos alimentícios será diferente de um cliente final que procura por serviços de creche para pets.

Ou seja, de forma mais prática, é importante definir o perfil de cliente ideal, indo de uma visão geral para um nicho específico para saber atender essas diferenças que seus potenciais clientes podem apresentar. 

Considere o exemplo de uma clínica de estética que atende homens e mulheres e está segmentando o público. 

Neste caso, os profissionais de marketing e atendimento podem identificar que enquanto mulheres na faixa de 20 – 30 anos realizam mais procedimentos para o cuidado e limpeza de pele, homens dessa faixa etária buscam cuidados com cabelos, barba e sobrancelhas. Já, após os 50, ambos os sexos buscam por procedimentos para rejuvenescimento. 

Com esses dados, toda a comunicação e publicidade da empresa podem ocorrer de forma mais qualificada, conversando com cada um desses públicos com propriedade e direcionamento.

  1. Desenvolva personas

Ao mapear personas, você pode se aprofundar em diferentes segmentos de mercado. Isso permite que você crie perfis com características de destaque (idade, sexo, etc.) para orientar as atividades de marketing e vendas. 

Na verdade, as personas facilitam que as equipes lembrem de um tipo específico de cliente e elaborem materiais considerando as necessidades e interesses dessa representação.

Elas conferem personalidade aos nichos e ajudam a entender o tom ideal para comunicação e aquisição de clientes, por exemplo.

  1. Colete informações

Se uma empresa alcança um alto grau de inteligência de dados, pode atingir um nível muito bom de segmentação. Aliás, esse é um passo importante para isso.

Quanto mais dados de uma persona você tiver, melhor será seu conhecimento e interação com o público.

Isso pode ser feito por meio do fornecimento de formulários, análises, business intelligence e uso de outras soluções de inteligência artificial e mineração de dados. 

É claro que essa coleta deve ser feita de forma ética, regulamentada por lei. Por isso, esteja ciente da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).

  1. Enriqueça os dados

A coleta de informações não é suficiente. O mercado de hoje é muito dinâmico. Ou seja, os dados são atualizados com frequência (por exemplo, quando as pessoas mudam de endereço residencial ou comercial).

O objetivo do enriquecimento de dados é integrar informações internas com informações externas (de redes sociais ou outras fontes) para uma melhor contextualização.

Por esse motivo, o ideal é que os aprimoramentos sejam feitos usando uma plataforma inovadora que aproveite inteligência de dados, machine learning e muito mais. Desta forma, todo o processo é automatizado e mais confiável.

Por que a segmentação no marketing é tão importante?

As empresas que segmentam adequadamente o mercado terão lucros significativos. Conheça os benefícios da segmentação a seguir.

Produtos mais adequados

A segmentação de mercado ajuda as empresas a criarem produtos e serviços que atendam melhor às necessidades de seus clientes.

Em última análise, com a segmentação de mercado certa, você pode desenvolver itens que supram as necessidades dos principais segmentos de mercado e produtos inovadores que atendam a diferentes partes de sua base de clientes. 

Ao projetar seus produtos com as expectativas deles em mente, você pode fazer mais vendas e deixá-los mais satisfeitos.

Os clientes também sentem que você entende suas necessidades, por isso a reputação da empresa melhora.

Preencha lacunas do mercado

A segmentação de mercado também ajuda as empresas a identificar segmentos ainda não desenvolvidos e a expandir para novos mercados.

Em outras palavras, ao segmentar seu mercado-alvo, você pode encontrar um nicho pouco desenvolvido, em que poderá desenvolver novos produtos e serviços.

Além disso, observar os dados revela interesses que os clientes não sabiam que tinham.

Por exemplo, uma empresa faz a maior parte de suas vendas em lojas físicas, e a análise de dados comportamentais mostra que muitos clientes desejam comprar online.

Com base nessas informações, as empresas podem iniciar um projeto para comércio eletrônico.

Fique mais perto do público

A segmentação também permite que profissionais de prostatectomia radical e de diversos outros nichos de mercado desenvolvam uma abordagem mais personalizada.

Isso cria uma comunicação baseada em aspectos geográficos, psicológicos, comportamentais e demográficos, reduzindo a distância do público em geral e gerando relações de confiança e contatos mais próximos.

Conclusão

Uma boa estratégia de segmentação de marketing é essencial para o seu negócio, pois quanto mais personalizado for o seu produto e atendimento, melhores serão as suas estratégias de marketing, comunicação e vendas. 

A boa notícia é que a tecnologia está prontamente disponível e facilita todo o processo de segmentação, tornando o processo mais inteligente e ágil.

Assim, forme uma equipe de colaboradores altamente qualificados para desenvolver métodos inovadores e absolutamente eficazes e use as informações deste artigo para orientar sua jornada. Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Categories:

Tags:

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

(62) 3261-6638

CNPJ: 15.063.424/0001-72
Endereço: 11ª av n 1409 qd 41 a Setor leste universitário Goiânia
Grupo marketing de negócios