cultura de ciclismo

Conheça os países que mais investem na cultura do ciclismo 

Mais do que oferecer rapidez e agilidade na locomoção, andar de bike proporciona uma experiência que envolve liberdade e qualidade de vida. É por isso que as bikes estão, cada dia mais, marcando uma forte presença nas cidades ao redor do mundo. Seja para ir ao trabalho, fazer turismo ou estudar, centenas de pessoas já escolheram a bicicleta como meio de transporte principal. 

Diversos países estão percebendo todo esse crescimento e começaram a investir em estrutura a fim de que os ciclistas acessem diversos locais das suas cidades. Elencamos que países são esses, confira! 

China 

Quando pensamos na China, uma das primeiras ideias que vêm à cabeça é uma grande quantidade de pessoas no mesmo ambiente, já que o país é um dos mais populosos do mundo. É justamente por esse motivo que a China investiu em ciclovias para que o caminho até o trabalho e a outros destinos seja menos congestionado. Acredita-se que, na China, a cada 10 pessoas, 3 utilizam a bike como meio de transporte principal, somando, assim, cerca de 37% da população.  

Bélgica 

A Bélgica é um dos países que, ao longo dos anos, passou a investir muito em ciclovias, e isso é nítido ao visitar diversas cidades do país. Muitos turistas realizam cicloturismo, tendo a oportunidade de conhecer vários lugares gastando pouco e apreciando muito mais a vista que encontram pelo caminho. Também existem diversas lojas que alugam bicicletas, opção mais barata do que alugar um carro, por exemplo. 

Japão

A cidade de Tóquio, no Japão, já foi considerada uma das melhores cidades do mundo para aqueles que andam de bike. A prova disso é que uma cena extremamente comum nas ruas é ver pais levando seus filhos para a escola ou outros locais de bicicleta. Tóquio, assim como outras cidades do país, é populosa, e o incentivo ao uso da bike foi uma das alternativas para lidar com o trânsito. Há dois anos, 2020, em Tóquio, foram construídos 400 km de ciclovias por conta dos Jogos Olímpicos. 

Alemanha 

Provavelmente, você já deve ter se deparado com uma foto de alguma cidade da Alemanha e, nela, ter visto algumas bicicletas. Essa composição nas fotos não é uma coincidência, a Alemanha é um país no qual a cultura do ciclismo é muito estimulada. Segundo o portal  Deutschland.de, existem cerca de 72 milhões de bikes no país.  

Holanda

A Holanda é conhecida mundialmente como o “país das bicicletas”, e os números do país comprovam: estima-se que, a cada 10 habitantes, 9 utilize ma bike como meio de transporte pessoal na sua rotina. Desde muito pequenas, as crianças aprendem sobre respeito no trânsito nas escolas holandesas, o que estimula, mais ainda, o uso da bicicleta. 

As principais vantagens do investimento em cultura do ciclismo 

Agora que você já conheceu diversos países que investem em ciclovias, explicaremos como o uso das bikes nas cidades possui muitas vantagens, tanto individuais quanto coletivas. 

Alguém que anda de transporte público ou com o seu veículo próprio todos os dias é exposto ao trânsito intenso nas grandes cidades. Trajetos curtos podem levar horas para serem feitos, o que causa estresse, e o estresse pode levar a sintomas físicos, como dor de cabeça e até falta de ar. 

Estimular o uso da bike como transporte, além de diminuir as filas nas ruas, ainda promove uma ocupação dos espaços que a cidade oferece, como praças e centros comerciais urbanos. Quando os espaços públicos são ocupados constantemente, a cidade ganha movimento e grande circulação de pessoas, resultando até na diminuição da criminalidade. 

Categories:

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

(62) 3261-6638

CNPJ: 15.063.424/0001-72
Endereço: 11ª av n 1409 qd 41 a Setor leste universitário Goiânia
Grupo marketing de negócios